ENTRETENIMENTO

Bruce Springsteen e sua total interação com os fãs; Veja como foi o sexto dia de Rock in Rio



O Primeiro show do sábado foi do Skank e Samuel Rosa aproveitou para 'protestar' com a frase: "Maconha é proibido, mas mensalão pode fazer de novo, né?". O discurso do vocalista aconteceu depois de "É proibido fumar", de Roberto e Erasmo Carlos, em que o público costuma completar o refrão com "maconha".

A histeria das garotas foi disparada assim que John Mayer começou seus lascivos solos de guitarra, no penúltimo show do Palco Mundo. Choros, gritos, ataques de nervos e pedidos de casamento eram o que mais se via à frente do namorado de Katy Perry. O jovem Phillip Phillips, revelação do dia, também arrancou suspiros na apresentação anterior.

O amor entre público e estrelas do Rock in Rio só se tornou carnal, no entanto, durante as quase três horas de show de Bruce Springsteen. Ele desceu diversas vezes à plateia, abraçou e foi abraçado, chamou fãs para o palco e os levou uma de volta carregada. Mesmo com muitos fãs cansados, a disposição do jovem senhor Bruce uniu os mais novos e mais velhos.

Fonte: G1
Foto: Ricardo Moraes/Reuters

Postagens mais visitadas