ENTRETENIMENTO

Um ano após último capítulo, "Avenida Brasil" vira febre no exterior



Há exatamente um ano, a Globo exibiu o último capítulo de "Avenida Brasil". Maior fenômeno recente da teledramaturgia brasileira, o folhetim escrito por João Emanuel Carneiro fez o país parar para assistir ao desfecho da vingança de Nina (Débora Falabella) contra Carminha (Adriana Esteves).

A força do projeto é impressionante. Em abril, o "Vídeo Show" viu seus índices aumentarem ao fazer um resumão da trama no quadro "Novelão da Semana". O sucesso da reprise levou o vespertino a relembrar o folhetim durante 10 dias ao invés de cinco.

O sucesso de "Avenida Brasil" ultrapassou as fronteiras. Em menos de um ano, a produção se tornou a novela brasileira mais vendida no exterior. Até o momento, a trama será exibida em 124 países.

A história de Nina e Carminha está presente em 75% de nações da África e do Oriente Médio e em 71% dos países da América Latina. No Chile e em Cuba, o projeto se tornou uma verdadeira febre. No país de Fidel Castro, ninguém sai de casa na hora em que a novela é exibida.

A qualidade do folhetim fez com que a trama fosse indicada ao Emmy de Melhor Novela. A história de João Emanuel Carneiro concorre com "Lado a Lado" - também da Globo, e obras do Canadá e de Angola. O anúncio da vencedora será anunciada em uma cerimônia realizada no dia 25 de novembro, em Nova York, Estados Unidos.

Fonte: MSN Entretenimento
Foto: Divulgação/ TV Globo

Postagens mais visitadas