Entretenimento: O novo "Vídeo Show" pegou um caminho que não deveria

O novo "Vídeo Show" pegou um caminho que não deveria



O "Vídeo Show" tem toda uma história na programação da Globo, desde a sua criação pelo Ronaldo Cury, passando pelas mãos de diretores como Odilon Coutinho, Cacá Silveira, Paulo Ubiratan, mais recentemente o Boninho e o Ricardo Waddington, hoje. Entre outros.

As renovações ou atualizações, como é o caso, têm que ser recebidas com naturalidade em qualquer produto com mais de 30 anos de exibição. Nem poderia ser diferente.O tempo impõe essa necessidade.

O que surpreende na fase iniciada segunda-feira, é que o "Vídeo Show" foi perigosamente transformado num "Zeca Camargo Show". É ele quase o tempo todo no ar, falando o tempo todo, interagindo e à frente de praticamente todas as situações. Não existe caminho mais arriscado para o programa, mesmo com as alterações realizadas, e para o próprio. Daqui a pouco ninguém vai aguentar. Nem ele, nem o programa.

Fonte: UOL Entretenimento
Foto: Divulgação/TV Globo
Página anterior Próxima página