ENTRETENIMENTO

Renegado pela crítica, disco de Jay Z mostra falta de coerência no Grammy



O rapper Jay-Z dominou as indicações ao Grammy 2014, que acontece no próximo domingo (26) em Los Angeles. Seu último disco, "Magna Carta Holy Grail", recebeu acenos em quase todas as categorias de rap. O amigo Kanye West, que lançou o ousado "Yeezus" semanas antes, já reclamou em alto e bom som, durante um show, por ter recebido apenas duas indicações (melhor álbum de rap e melhor música de rap por "New Slaves"), ainda que tenha figurado entre os melhores discos de 2013 em nove de cada dez listas divulgadas pela imprensa.

Deixando o ego de Kanye de lado, o questionamento é válido. Aos 44 anos, Jay-Z não conseguiu o mesmo efeito com "Magna Carta Holy Grail". Com título pomposo, aura artística e citações que vão de Nirvana a Tom Ford, Miley Cyrus a Picasso, o álbum não funcionou.

Recebeu críticas mornas (o site Buzzfeed foi mais fundo e criticou: "Jay- Z atingiu um nível de mediocridade admirável normalmente esperado de envelhecimento de rockstars") e passou longe de todas as listas de melhores discos do ano. Talvez por isso o rapper não tenha conseguido emplacar o álbum nas categorias principais da premiação.

Agora, é só esperar pra ver o que vai rolar na 56° edição do Grammy, que acontece nesse domingo (26). Com atrações, como: Katy Perry, Lorde, Metallica, Beyoncé, o próprio Jay-Z e o encontro especial entre Ringo Starr e Paul McCartney.

Fonte: UOL Entretenimento
Foto: Reprodução

Postagens mais visitadas