ENTRETENIMENTO

Gianecchini é um dos êxitos de “Em Família”


No meio de tanto draaaaama entre Luiza (Bruna Marquezine), Laerte (Gabriel Braga Nunes), Helena (Julia Lemmertz), Virgílio (Humberto Martins) e companhia, o capítulo de “Em Família” da última quinta-feira (12) teve um momentinho em especial que a gente não pode deixar passar barato.

É verdade que a trama está em uma constante e apanhando de vários lados. Está difícil se emocionar com a mesmice da história, por mais fã de Manoel Carlos que você seja. Mas ontem essa constante sofreu oscilação. Uma cena delicada com Reynaldo Gianecchini, Giovanna Antonelli e o pequeno Vitor Figueiredo roubou a atenção e aqueceu meu coração.

Cadu e Clara tentavam explicar para o pequeno Ivan como a separação deles iria alterar o dia a dia do menino. O toque de emoção foi certeiro, assim como as dúvidas levantadas pelo garoto e o distanciamento apaixonado entre mãe e pai. “Nosso casamento deu certo sim, filho”, tentou explicar Clara para Ivan, enquanto o menino dizia que agora não poderia mais dormir entre eles na cama.

Amigos do peito fora de cena, é sincera a química entre Giovanna e Giane. Aqui, mais bonito ainda é o trabalho feito em família (sem trocadilhos infames) com o pequeno Vitor, que vem dando seu showzinho.

Não seria justo não dizer que Giane está muito bem na pele de Cadu, que merece ser feliz sim, pelo amor de Deus, seja com Verônica (Helena Ranaldi) ou qualquer outra pessoa.

Outro dia, ele deu baile com o encontro do personagem com a família do doador para transplante de coração. Está latente a emoção, lapidada com carinho. Em tempos de crise, é preciso também pincelar os êxitos. E Giane é um deles, sem dúvida.

Fonte: Nina Ramos
Foto: Rede Globo/Divulgação

Postagens mais visitadas