Entretenimento: Casal assume ter feito vídeo e Viviane Araújo comemora 'inocência'

Casal assume ter feito vídeo e Viviane Araújo comemora 'inocência'



Um empresário e sua amante confirmaram que são os protagonistas das cenas de sexo gravadas por uma câmera de segurança, e que se tornaram virais nos últimos dias. As imagens foram feitas em São Paulo e, ao contrário do que muitos diziam, não se trata de Viviane Araújo.

O homem que aparece na gravação é casado, mora na Zona Sul da capital paulista com a esposa e dois filhos e trabalha no ramo hoteleiro. Ele mantém um caso com uma mulher, autônoma, há nove anos e os dois pediram para não serem identificados pelo jornal "Extra".

O casal se disse surpreso com o flagra, já que não tinha a intenção de ser visto em uma rua aparentemente deserta, e garantiu que não divulgou a gravação na internet. Além disso, também nega ter associado o nome da atriz de "Império", da Globo, à cena erótica.

“Estávamos numa balada no Morumbi, comemorando o aniversário dela. Saímos de lá com a intenção de ir para um hotel mais próximo. No meio do caminho, ela descobriu que estava sem documento de identidade e, por isso, não dava para irmos ao hotel", relatou o empresário à publicação.

E continuou: “A hora em que eu desço do carro, todos acham que eu olho para a câmera. Na verdade, eu olho pra saber se tinha alguém nos observando. Vimos um carro se aproximando. Ela viu o veículo e achou que tinha alguém nos olhando, mas não sabíamos que estávamos sendo filmados".

Apesar das comparações, o jornal afirmou que a moça não se parece com Vivi pessoalmente. "Sinto-me lisonjeada de ser comparada a ela, mas desde que isso aconteceu, estou em choque. Muita gente me reconheceu. Até o momento minha família não se manifestou. Eles não moram em São Paulo. Deixei de frequentar meu curso, de trabalhar, de sair de casa", lamentou.

O empresário acreditava que eles não seriam identificados e que a atriz conseguiria provar sua inocência no caso. "É difícil saber quem é que está sofrendo mais", afirmou, acrescentando que tem sido caluniado. "Quem é que não teve uma cena mais picante na rua ou em qualquer outro lugar? Foi um ato de amor, mas me arrependo."

A dupla do vídeo precisou contratar um advogado para poder se defender em um possível processo de atentado ao pudor e para forçar a retirada do material da rede. "Além disso, tomar uma medida jurídica e processar quem divulgou essa gravação", explicou o representante legal Nelson Gomes de Souza.

Por meio das redes sociais, Viviane Araújo celebrou o fato de ter sido 'inocentada' das acusações de que seria a moça no vídeo. "'Os humilhados serão exaltados'. Obrigada a todos que estiveram ao meu lado", agradeceu em sua página no Instagram.

Fonte: MSN
Foto: AgNews
Página anterior Próxima página