ENTRETENIMENTO

Cauã Reymond conta que toma calmante e já foi fofoqueiro



Durante uma entrevista reveladora ao apresentador Roberto D'Ávila, do canal 'Globo News', Cauã Reymond confessou que, diferentemente do que aparenta, tem sim seus sentimentos à flor da pele. "Sempre fui muito sensível. Por isso, muitas vezes ficava angustiado. Mas, desde o nascimento de Sofia, consegui lidar melhor com as dificuldades no trabalho e na vida", disse.

A filha do ator também ocupou grande parte da entrevista. Entre outras coisas, Cauã contou que não gosta de deixar Sofia com empregados, pois quer aproveitar todos os momentos junto com ela. "Sou 'pãe', não gosto de terceirizar o afeto. Só fico com a babá junto quando não tem jeito, quando tenho que trabalhar e alguém tem que me substituir. Fora isso, não abro mão de fazer tudo para ela", revelou.

Entre as curiosidades sobre a vida do galã, Cauã contou que precisa sim de calmantes, porém, usa a medicina homeopática. Ele também contou que medita todos os dias pela manhã, que desliga o celular e o computador uma hora e meia antes de dormir para conseguir desacelerar sua mente e o mais engraçado, que já foi muito fofoqueiro. "Morava com muitas mulheres", justicou.

Cauã também contou que durante seus dois grandes relacionamentos, como Alinne Moraes e Grazi Massafera, sempre dividiu as despesas e que chegou a passar necessidades quando estava em Nova York - incentivado pelo pai - fazendo um curso de atuação. Aliás, o ator também relembrou com tristeza os ataques terroristas de 11 de setembro, data em que estava nos Estados Unidos estudando: "Muita coisa mudou depois dos atentados, a sensação de medo era grande".

Fonte: MSN
Foto: A/D

Postagens mais visitadas