Entretenimento: Eagles of Death Metal fará 1º show em Paris desde ataque ao Bataclan

Eagles of Death Metal fará 1º show em Paris desde ataque ao Bataclan



Jesse Hughes, vocalista do Eagles of Death Metal, disse que sente uma responsabilidade "sagrada" em terminar o show da banda desta vez, já que a última apresentação em Paris foi interrompida por tiros, mas acrescenta que os ataques terroristas ao Bataclan não mudaram sua visão sobre armas.
O Eagles of Death Metal fará o primeiro show em Paris, desde os ataques do dia 13 de novembro, nesta terça-feira (16), no Olympia, com ingressos esgotados.

Em entrevista ao iTELE na segunda, Hughes tem sido incapaz de controlar suas emoções desde os ataques.

"Eu não tive nenhum pesadelo e eu dormi bem, mas quando eu estou acordado é quando eu vejo coisas que são pesadelos", declarou.

"Eu deveria colocar esse show como uma barreira contra qualquer coisa que não é divertida e que nós realmente devemos apenas nos divertir lá amanhã. Eu acho que é o que realmente precisamos fazer é apenas nos divertirmos juntos para que possamos colocar um pouco disso (palavrão) atrás de nós e realmente deixá-lo lá para que ele não nos siga pelo resto de nossas vidas", afirmou Hughes.

No dia 12 de março, eles se apresentam no festival Lollapalooza, em São Paulo. No dia 15 de março, um outro show está previsto na capital paulista, no Cine Joia.

Os ataques coordenados na capital francesa mataram 130 pessoas, a maioria delas na casa de shows Bataclan, onde o Eagles of Death Metal, estava se apresentando. Todos os músicos sobreviveram ao ataque de Paris, mas o gerente de negócios da banda estava entre os mortos.

Fonte: G1
Foto: REUTERS/Vilhelm Stokstad/TT News Agency
Página anterior Próxima página