Entretenimento: Billy Paul, cantor ícone do soul, morre aos 81 anos nos Estados Unidos

Billy Paul, cantor ícone do soul, morre aos 81 anos nos Estados Unidos



Morreu neste domingo (24) nos Estados Unidos, aos 81 anos, o cantor Billy Paul, um dos maiores nomes da música soul americana. A informação foi publicada no site oficial do artista. Billy Paul estava com câncer e morreu em casa, no estado de Nova Jersey.

O cantor ficou conhecido no mundo todo pela voz grave e marcante e por sua contribuição para o desenvolvimento do rythm and blues moderno

Nascido Paul Williams em 1º de dezembro de 1934 em Filadélfia, Billy Paul começou a carreira com apenas 11 anos.

Na juventude, o cantor se apresentava em clubes e universidades ao lado de várias lendas do jazz e do soul, incluindo Charlie "Bird" Parker, Nina Simone, Miles Davis e Roberta Flack.

Um dos maiores sucessos de Billy Paul é "Me and Mrs Jones", de 1972. A canção foi número um na "Billboard Hot 100 e R&B" e recebeu um Grammy.

A música é sobre uma aventura extraconjugal e foi regravada por vários artistas, como a dupla Hall and Oates e o crooner Michael Buble.

Mas. em uma decisão comercialmente desastrosa, Billy decidiu lançar na sequência uma música totalmente distinta chamada "Am I black enough for you?" ("Sou negro o suficiente para você?"), com um tom mais funk e referências ao movimento radical Black Power.

"Esta canção estava à frente de seu tempo", afirmou o artista muitos anos depois. "Agora é muito popular. Recuperou o tempo perdido, agora temos um presidente negro", disse mais tarde, em referência a Barack Obama.

O primeiro álbum de Billy Paul, "Fellin' good at the Cadillac Club" foi lançado em 1968. Ao todo, Paul lançou 15 discos entre 1968 e 1988.

Fonte: G1
Foto: Noel Vasquez / Getty North America / AFP Photo
Página anterior Próxima página